sábado, 20 de junho de 2009

São das dificuldades que tornamos as coisas simples.


E há de chegar um dia, em que as coisas simplismente virão. E nesse dia, há de se acabar a razão de viver.
Pois não há motivos para viver, se não há para o que se viver.
Do que nos adiantará termos tudo, se não haverá mais nada para se ter?
Do que nos adiantará sabermos tudo, se não haverá mais nada para saber?
Do que nos adiantará o amor, sendo que não precisará mais ser conquistado?
De que nos adiantará um sorriso, sendo que não foi preciso lagrimas?
Do que nos adianta toda essa simplicidade e facilidade, sem antes conhecer a dificuldade?
Nem sempre as coisas simples são realmente mais simples.
Nem sempre as coisas dificeis são realmente dificeis.
Basta sabermos extrair a pureza da simplicidade e a grandeza da dificuldade.
A vida não é simples,
A vida não é complicada.
Não procure a felicidade na simplicidade,
Nem na dificuldade.
Não a procure.
Faça com que ela exista.
E depois, agradeça por ainda poder tornar a dificuldade simples,
e ai sim, viver simplismente feliz.

4 comentários:

  1. Paulinha Kurimori20 de junho de 2009 21:11

    As vezes em momentos de desespero criamo varias questoes dent de nos mesmos.. a vida eh um teste e ela tb t hora pra tudo.. pra chorar, pra rir, pra gritar, pra sofrer, pra arrepender.. mas em todas as partes ora alegres ora tristes tem uma vantagem. a gente ganha um aprendizado.. pra sempre...

    ResponderExcluir
  2. verdadee linda! rs. Tudo tem seu tempo. e o tempo nos dá tempo pra tudo. basta sabermos organiza-lo e aproveitar tudo que nos é oferecido de maneira sabia! rs S2

    ResponderExcluir
  3. nossa que lindo amor! eu tava precisando ler algo assim! *--*

    anny;

    ResponderExcluir